Bettega Digital - Fim de ano: muitas vendas, pouco recebimento. Como combater a inadimplência?

Quer negociar dívidas?

Fim de ano: muitas vendas, pouco recebimento. Como combater a inadimplência?

15/12/2020Por: Ney Eurico PereiraCategoria: Cobrança
Como combater a inadimplência de fim de ano? | Bettega

Fim de ano é sempre um período de muitas vendas. As férias escolares, junto com as festas de Natal e Ano Novo, motivam o consumo. Ao mesmo tempo, o 13º salário garante que tenha muito mais dinheiro circulando. Ou seja: tudo se alinha para sua empresa vender muito mais!

Mesmo neste ano de rescisão econômica e crise na saúde, a tendência é uma boa recuperação na economia quando o fim de ano chegar. Se tudo der certo, essa é uma boa chance de recuperar as perdas de 2020 com muitas vendas em dezembro.

Essa recuperação já começou, com a movimentação da Black Friday, que garantiu muitas vendas para empresas dos mais variados segmentos, desde o varejo tradicional até o e-commerce.

No entanto, esse aumento nas vendas também traz problemas para as empresas, principalmente nos meses seguintes, quando os clientes percebem que comprometeram uma fatia do seu orçamento maior do que deveriam. É aí que sua empresa precisa lidar com a inadimplência de fim de ano.

Geralmente esse problema surge em janeiro, fevereiro ou março, mas para você lidar com ele com eficiência, evitando um rombo no seu caixa, é preciso pensar em recuperação de crédito desde já!

Para começar, busque ter uma excelente política de análise de crédito, para escapar de muitos clientes inadimplentes. Depois, é essencial saber como realizar as cobranças dos clientes que passarem dessa primeira etapa.

Mas não se preocupe! Para te ajudar a lidar com a inadimplência de fim de ano, este conteúdo vai falar sobre:

Continue sua leitura e prepare seu negócio para aproveitar as vendas de fim de ano sem se complicar com o crescimento da inadimplência:

Tenha uma boa política de análise de crédito

O primeiro passo para lidar com a inadimplência de fim de ano é fazer todo o possível para evitar a venda para clientes que vão atrasar os pagamentos. Para isso, você precisa ter uma política de análise de crédito.

Para começar, busque ter acesso a serviços de proteção ao crédito como os fornecidos pelo Serasa Experian e pelo SPC. Através deles, você pode avaliar as informações e o histórico financeiro de um possível cliente, para descobrir se ele é um bom pagador.

Um cliente registrado como inadimplente em uma dessas plataformas certamente representa um risco para o seu financeiro. Por isso, evite a venda a prazo ou exija o pagamento via cartão de crédito.

Assim que você tiver o acesso a essas plataformas, é importante transformar a cultura da sua empresa para que a consulta dos clientes se torne parte do dia a dia dos seus colaboradores.

Para isso, busque implantar uma verdadeira política de análise de crédito, para que cada cliente que entre na empresa passe por esse processo. Dessa forma, você tem muito mais chances de fugir da inadimplência no varejo.

Implante formas de pagamento mais seguras

Como você faz suas vendas a prazo? Você tem um crediário para o cliente pagar na empresa, emite boletos ou recebe cheque?

Todas essas opções são válidas. No entanto, para proteger sua empresa da inadimplência, é preciso disponibilizá-las de forma controlada e inteligente. Afinal, elas não são 100% seguras.

Se você recebe em cheques, há sempre a possibilidade de que eles fiquem sem fundos na hora que você vai descontá-los. Já com boletos e crediários na loja, o cliente pode simplesmente não pagar. E aí você acaba tendo que lidar com esse rombo no seu caixa.

Por isso, deixe essas formas de pagamento apenas para os clientes mais confiáveis e que não tiverem nenhum tipo de registro nos serviços de proteção de crédito. Para os demais, tente vender apenas à vista ou por cartão de crédito.

Caso o cliente não tenha cartão, você pode até vender de outras formas, caso ele não esteja negativado. Mas, nesse caso, pegue todas as informações possíveis sobre ele, para facilitar a cobrança, caso ele se torne inadimplente.

Além disso, garanta que ele assine o crediário e passe todos os documentos. Assim, você terá todo o necessário caso seja necessário apelar para a cobrança judicial.

Controle de forma eficiente o registro de contas na sua empresa

Mesmo no meio das muitas vendas de fim de ano, você não pode deixar o registro das contas virar uma bagunça! Sem a organização correta das dívidas de seus clientes, é muito fácil deixar a inadimplência passar em branco.

Por isso, deixe todo seu registro bem organizado e controle as contas de cada cliente, para ficar ciente de qualquer atraso e poder realizar cobranças o quanto antes.

Esse controle também ajuda na hora de cobrar, principalmente se você decidir terceirizar seu processo de cobrança. Assim você terá todas as informações dos clientes de forma muito mais acessível.

Conheça os caminhos para realizar a cobrança extrajudicial

Mesmo com uma boa política de análise de crédito, sua empresa provavelmente ainda vai precisar lidar com muitos clientes inadimplentes nesse período. Por isso, é preciso conhecer as melhores formas de acertar as dívidas de fim de ano.

Nessa situação, a melhor opção para recuperação de crédito é a cobrança extrajudicial. Ou seja: a cobrança que você realiza sem precisar mover uma ação na Justiça contra o cliente.

Assim, a cobrança extrajudicial acontece exclusivamente entre a empresa e o cliente (no máximo, há também o envolvimento de uma empresa terceirizada de cobranças, que pode tornar o processo ainda mais eficiente).

Essa cobrança pode ser feita via telefone, SMS, WhatsApp, e-mail ou até com o comunicado de registro de débito no SCPC. 

Através desses caminhos, você pode negociar com seu cliente e até discutir a forma de pagamento para ele quitar a dívida. Tudo para você garantir a recuperação de crédito sem ter de mover uma ação na contra seu cliente, em uma cobrança judicial.

As vantagens da cobrança extrajudicial são:

Rapidez na recuperação de crédito
Como acontece sem envolvimento da Justiça, a cobrança extrajudicial tende a ser muito mais rápida.

Economias na cobrança
Seja diretamente pela sua empresa ou terceirizando seus processos, a cobrança extrajudicial é muito mais barata do que a opção judicial.
 
Manutenção do relacionamento com o cliente
Uma cobrança judicial pode causar um sério impacto no relacionamento com o cliente. Sendo cobrado pela Justiça, ele certamente vai ter uma visão negativa da sua empresa. 

a cobrança extrajudicial pode ser amigável e manter sua empresa em boas relações com o cliente. Isso é muito importante caso ele seja um bom pagador, que acabou atrasando a conta por algum problema inesperado.

No entanto, para conseguir lidar com a inadimplência dentro da sua empresa, é preciso ter uma boa política de cobrança na sua empresa, de forma bem organizada para garantir o sucesso da recuperação do crédito.

Você pode ver mais orientações para realizar cobranças diretamente pela sua empresa no nosso eBook: Passo a passo para cobranças mais eficientes.

Por outro lado, você também pode optar pela facilidade e pela eficiência da terceirização de cobranças.

Terceirize suas cobranças de fim de ano

Como vimos, é possível realizar as cobranças internamente na sua empresa. No entanto, isso envolve bastante trabalho e desgaste para a sua equipe. Afinal, é preciso ter colaboradores focados em acertar as dívidas de fim de ano com os muitos clientes inadimplentes.

Além disso, seus colaboradores não são especialistas em cobranças! Eles terão mais dificuldades para conseguir a recuperação de crédito e ainda correm o risco de cobrar de forma inadequada – o que pode até abrir o precedente para o cliente processar a sua empresa. 

E tudo isso é ainda pior com o grande volume de clientes que ficarão inadimplentes nesse período de fim de ano.

Por isso, se você quer recuperar o crédito com mais eficiência e menos riscos, o ideal é buscar uma empresa especializada em cobranças!

Conheça os benefícios da terceirização de cobranças:

Uma equipe especialista para realizar cobranças
Com a terceirização, você terá à sua disposição uma equipe inteira de pessoas totalmente capacitadas para a recuperação de crédito. Isso significa que você terá os melhores resultados, com muito mais rapidez.

Tecnologia aplicada em cobrança
Uma boa empresa de cobrança terá acesso às melhores tecnologias para cobrar com eficiência, rapidez e inteligência.

Total conhecimento da legislação
Empresas de cobrança estão por dentro das leis que envolvem esse processo. Assim você não corre o risco de sofrer processos por cobranças indevidas.

Foco nas cobranças amigáveis
Mantenha um bom relacionamento com o cliente, graças às habilidades dos cobradores em abordarem os devedores de forma amigável.

Maior flexibilidade para o pagamento
Facilite o processo para o seu cliente, já que a empresa de cobranças pode ter uma flexibilidade muito maior nas formas de pagamento e no prazo para o acerto das dívidas.

Esses são só alguns dos exemplos dos benefícios que você terá ao terceirizar suas cobranças. Mas tem um detalhe: é preciso contratar uma empresa realmente competente. 

Confira nosso blog e veja algumas dicas: Como escolher uma empresa de cobrança para o varejo ou saúde?

Uma cobrança eficiente depende de organização

Seja qual for o estilo de cobrança que você escolher, é preciso ter organização. Você tem que saber quando avisar seu cliente sobre o vencimento, quando entrar em contato com ele para cobrar de fato e quando é preciso ser mais incisivo para recuperar o crédito.

Pensando nessa necessidade, a Bettega Digital preparou uma régua de cobranças que pode te ajudar. Conheça:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter
Problemas com cobrança?

temos a solução para sua empresa.

Suas informações foram enviadas com sucesso. Em breve nossa equipe entrará em contato.

Seu e-mail foi adicionado a nossa lista. Em breve você receberá nossas novidades no seu e-mail